Seguidores

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Uma flor na caatinga

Dentro da caatinga

Nasceu uma flor tão singela

Ela veio assim (:)

Rebentando o dia

Numa formosura plácida

Com seus mistérios

Nua- na capoeira

Fria! Olhos postos no céu

Abraçando tudo

Cingindo de cores

Toda a mata que morria

Ao raiar do dia!

2 comentários:

Chica disse...

Em meio a tudo aquilo, nascia um flor linda, abeleza e cor...beijos,chica

Alexandre Brussolo disse...

Uma bela flor que nasce com a esperança de vida independente do que a rodeia, belíssimo.