Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2011

Por cima das árvores,
O vento passa correndo
Com os gaviões
                               Foto Google

Flores no jardim –
É bom dormir com o cheiro
de gardênias brancas
                                            Foto google

domingo, 26 de junho de 2011

Quintal da casa –
A crista do galo tem
A cor do urucu*



*Urucu (do tupi transliterado uru-ku = "vermelho"), ou urucum, é o fruto do urucuzeiro (Bixa orellana), arvoreta da família das bixáceas, nativa na América tropical, que chega a atingir altura de até seis metros. Apresenta grandes folhas de cor verde-claro e flores rosadas com muitosestames. Seus frutos são cápsulas armadas por espinhos maleáveis, que se tornam vermelhas (motivo do nome urucu) quando ficam maduras. Então se abrem e revelam pequenas sementesdispostas em série, de trinta a cinquenta por fruto, envoltas em arilo também vermelho.


(Wikipédia.)


• Em algumas cozinhas do Piauí, o condimento, à base de vegetais, que dar a cor avermelhada (chamamos de corante) é feito de urucu, de modo caseiro.
Manhã de domingo –
O balanço das crianças
É uma rede

sábado, 25 de junho de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Pelo muro cinza
Como imagem de desenho
Uma trepadeira
                                                                                             (Haicai)

E uma conversa poética ao dia:

Há sonhos que não morrem

E agora, de certo modo, as flores também
Vestem-me de alegria
Pintando no muro cinza um tom róseo
 E um caminhar do vento
Num hálito novo
Dentro das folhas verdes.
É um cheiro de viagem
Dos pássaros, das nuvens
Para a roça, o mato, o riacho
Para onde moram os sonhos
Dos que seguem a vida
Sem perder um dia. 


Canoa no rio –
Nos olhos do pescador
Muito a contar

quinta-feira, 23 de junho de 2011

sábado, 18 de junho de 2011

Na manhã de sol
Uma joaninha vem
Em calmo andar

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Manhã de sol –
O efeito da luz nas flores
Acorda o calor

domingo, 12 de junho de 2011

                                                                   Na manhã de sol –
                                                                 A vida passa veloz
         Com segredo e graça
                                                                 
Por dentro das águas
 Umas flores amarelas -
Chego mais próximo


                                       (Flores do rio Piracuruca - PI)
A canoa no rio
E o sorriso das crianças –
Ah, são meus sobrinhos!

quarta-feira, 1 de junho de 2011


As casas da rua –
Não é a primeira vez
Que ficam com flores