Seguidores

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Meu coração é criança

Eu pedi o sol emprestado para fazer um poema

Peguei no giz branco e tracei um círculo no quadro-negro

Esforcei-me para desenhar raios bem traçados

Queria desabrochar um sorriso nas pétalas da manhã

Era meu dia de regar o jardim... Fiz um girassol!

Abri fronteiras para botar um passarinho voando

E fiz um céu azul com pequenas nuvens brancas

Uma casinha abaixo com um portão aberto à vida

O difícil foi escolher que caminho traçar da casa até o riacho

Dependia do olhar da poesia (toda prosa!)

Acompanhei com os dedos a árvore em flores na estrada

Então eu vi uma borboleta seguindo meu olhar

Caprichei na letra e escrevi um verso em suas asas

“Meu coração é uma criança sempre!”

Um comentário:

Chica disse...

E ela saiu voando com essa palavras pelos ares, nunca te deixando esquecer disso.Lindo!beijos,chica