Seguidores

domingo, 13 de setembro de 2009

Na porta de meu coração

Meu coração enternecido abre a porta da vida, desce as escadas da noite, e me leva com ele, num rompante de sentimentos. Acompanho suas pegadas. Vira logo à direita e senta-se embaixo da árvore em que nos beijamos pela primeira vez.

O primeiro beijo guardado na imagem. Resgatado na noite que se abre diante de meus olhos. Ressuscitando o cheiro de tua pele, o sabor de teus lábios. E te sinto presente!...

... Uma noite, em teus braços, quando a lua se escondera nas nuvens negras, teu rosto, junto ao meu... Ouvi tua voz sussurrando... _ Tua voz... teu cheiro... _ Teu cheiro... um aroma de querença... erguendo meu coração nos braços do amor.

Desvio meu olhar por um instante, neste momento... Ah!... a lua se escondeu, como outrora... entre as ramas das nuvens... tirando meu coração do chão em que se sentara debaixo da árvore... E o vento passa agitando meus sentidos...

A lua rasga um véu por entre os galhos da árvore... E já não estou sozinha no meio da noite... “Teus passos surgem... na porta de minha vida”. Meu coração corre na imagem de teus olhos...

Um comentário:

Chica disse...

Um lindo amor esse!beijos